Loading...

quarta-feira, 17 de março de 2010

APENAS EU... VOCÊ E AS ESTRELAS

Há sempre uma beleza rara
Nesse ser tão menina tão mulher
Se não posso dedilhar versos de dor
Posso ser apenas eu
Iluminar teu dia com o sol
Sutilmente abraçar-te molhada
Ser tua estrela, tua musa
Entregar-me a ti para
Compor-me em teus versos
Versos de amor tão raro
Escritos nessa noite mágica
E nos teus olhos
Refletir-me na imagem desse amor
Por que amar
É mais que fazer amor
Vim te namorar
Derreter-me em teus doces beijos
Ser sua flor delicada
Perder-me em você
E nesse amor ardente, quente
Tudo irradia quando me toca
Nesse momento sou sua eternamente
Deitados na relva molhada numa noite cheia de ESTRELAS...

VITÓRIA LEMOS

Um comentário: